Notícia

Lipari Mineração Recebe Licença Prévia Ambiental Para Mina De Diamantes Braúna

27 Janerio 2014 - PDF Versão - Ficha Técnica
 
NORDESTINA, BAHIA, BRASIL – A Lipari Mineração Ltda. recebeu a Licença Prévia (LP) para a mina de diamantes Braúna, localizada no município de Nordestina, estado da Bahia, Brasil e da qual é detentora de 100% dos direitos minerários. 
 
A concessão da LP é um marco importante para o desenvolvimento do Projeto Braúna e significa a aprovação dos respectivos Estudo e Relatório de Impacto Ambiental (EIA/RIMA) pelo Instituto de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (INEMA), órgão responsável pelo licenciamento. Esta etapa decorre de extenso engajamento técnico e social com autoridades e comunidades locais, que incluiu oficinas e audiência públicas, para identificar e discutir as preocupações das partes interessadas.
 
“É uma conquista significativa e demonstra o nosso compromisso com as questões legais, o meio ambiente e, especialmente, com as comunidades da área de influência, que manifestaram expressivo apoio e receptividade ao projeto”, afirmou o presidente e diretor executivo da Lipari Mineração, Ken Johnson.
 
A partir de agora, a empresa dará início ao processo de requerimento da Licença de Instalação (LI) que, quando concedida, permitirá a construção e instalação da mina. 
 

Sobre o Projeto Braúna

Prevê-se que o Projeto Braúna, com viabilidade econômica definida, se torne a primeira mina de diamantes da América do Sul desenvolvida em rocha kimberlítica – a rocha-fonte principal de diamantes. Projeta-se que a mina irá produzir uma média de 225.000 quilates de diamantes por ano durante os primeiros 7 anos de operações a céu aberto.  No entanto, a mina possui um excelente potencial para estender a vida útil da operação através da lavra subterrânea e do desenvolvimento de recursos adicionais associados a outras 21 ocorrências de kimberlito que foram descobertas dentro das concessões da Lipari Mineração.
 
A engenharia e o projeto da mina e a manufatura e importação de equipamentos especializados oriundos da África do Sul estão em fase de conclusão, antecipando o início da construção, planejado para abril de 2014. “Visando a otimização de recursos naturais e o bem-estar da população local, a Lipari Mineração fez investimentos significativos na engenharia e no projeto da planta de beneficiamento da mina para adotar tecnologias avançadas que recuperam aproximadamente 97% da água utilizada durante o beneficiamento do minério.  Embora tenha resultado em maiores custos para a empresa, a recuperação da água minimiza a necessidade de captar grandes volumes do rio local”, informou o vice-presidente e diretor de Operações da empresa, Fernando Aguiar. 
 

Sobre a Lipari

A Lipari Mineração é uma empresa brasileira, de capital privado, cujo foco é o desenvolvimento do Projeto Diamante Braúna, que pertence 100% à empresa e está localizado no município de Nordestina, no estado da Bahia, no Brasil. A estratégia da Lipari é construir uma empresa pautada no crescimento e excelência no mercado da mineração e venda de diamantes brutos.  
 
Mais informações no site institucional www.lipari.com.br ou no departamento de Comunicação, através do telefone +55 71 3369 4808.